Melhore sua corrida no triatlo em 5 passos

01-10-2020

Muitos atletas acreditam que para melhorar a corrida após o ciclismo é necessário correr mais. Às vezes funciona, mas muitas vezes não!

Já vimos atletas contratando técnicos de corrida para ensinar-lhes educativos e treinos específicos, mas ainda continuaram com dificuldades ao descerem da bike nas provas.

Correr uma prova de 5 ou 10 km e correr após pedalar 90 ou 180 km são coisas completamente diferentes! Aqui vão cinco passos para definitivamente te ajudar a melhorar sua corrida no triatlo:

1) Não corra com o terço anterior dos pés

Essa técnica, muito utilizada por corredores de pista ou de provas curtas, não é sustentável para a maioria dos triatletas, especialmente para provas de Ironman. Esse estilo de corrida sobrecarrega muito os gémeos e quando você está cansado, não faz sentido enfatizar o uso de grupos musculares menores, portanto procure tocar o solo primeiramente com o calcanhar.

2) Aumente sua frequência de passadas

Já falamos isso em outro texto, mas vale reforçar que uma passada longa, principalmente na segunda metade da etapa de corrida, tira muita energia sua. Foque em 90 passos por perna por minuto para minimizar o esforço que você precisa fazer a cada passo.

3) Melhore sua eficiência

Técnica só é válida se for sustentável sob fadiga. Se notar os melhores corredores do triatlo, verá que no final da corrida, mesmo cansados, eles parecem que estão bem, pois têm uma corrida eficiente.

Mantenha seu corpo erecto, sem incliná-lo para frente, reduza a oscilação vertical, evite girar o tronco de um lado para o outro enquanto movimenta os braços e não eleve as pernas para trás a cada passo. Corrida de longa distância é uma questão de distribuição de peso e gerenciamento de energia.

4) Corra na esteira

Esse equipamento é um valioso aliado no aumento da frequência de passadas, diminui a carga aeróbica para uma mesma velocidade se comparada ao ambiente outdoor e ainda reduz o impacto, o que acelera seu processo de recuperação para o treino seguinte.

5) Fique mais forte na bike

Se você melhorar o seu ciclismo, vai poder manter a mesma velocidade actual gastando menos energia, saindo para correr em melhores condições.

Por Rodrigo Tosta é técnico e Director da RT Performance.