Blog Performance

A Liberação Miofascial é uma técnica de massagem que aplica pressão em alguns pontos do corpo e ajuda a relaxar e alongar os músculos para que haja maior liberdade entre o músculo e a fáscia - uma membrana do tecido conjuntivo, localizada logo abaixo da pele e permite o deslizamento perfeito dos músculos durante os exercícios

Condromalácia patelar é um desgaste na cartilagem do joelho, numa região chamada condilo femoral, que acaba ocasionando dor e inflamação no local. Ela é mais comum em mulheres e é dividida basicamente em quatro níveis, de acordo com a gravidade do comprometimento da patela. Confira o vídeo!

A fome e saciedade são controlados por uma complexa rede de sinalizadores no sistema nervoso, incluindo hormônios e nutrientes. As variações do estado nutricional e os níveis hormonais terão um grande impacto no apetite

Fica evidente que algumas pessoas apresentam mais fome do que outras, o que também pode ser explicado pelos níveis desses...

Você é daqueles nadadores que se sente um peixe na piscina, mas quando precisa encarar uma prova ou um treino em águas abertas acaba ficando nervoso e com medo? Fique tranquilo, essa sensação de medo do mar é muito comum devido a factores como a possível presença de animais, a correnteza e até o facto de não alcançar o chão com os pés....

Se exercitar é a primeira recomendação para quem ter uma vida saudável. Mas apesar de todos os benefícios, algumas pessoas que sofrem com variações de pressão arterial com frequência, acabam ficando com receio sobre o que podem ou não fazer, já que certas modalidades exigem mais do que outras e acabam sendo inevitáveis as alterações na intensidade...

Alimentação correta é um dos pilares na construção de um grande atleta e o acompanhamento profissional é requisito básico entre os corredores de ponta. No entanto, a maioria dos amadores não tem a possibilidade de contar com o apoio de um nutricionista.

Pernas e costas não são as únicas partes do corpo sujeitas a lesões por sobrecarga quando se trata de pedalar. Os braços, e mais especificamente as mãos, também sofrem grande pressão durante a actividade. Assim, acabam respondendo por um terço das lesões em ciclistas.