Como reduzir a fome e controlar a saciedade?

11-01-2021

A fome e saciedade são controlados por uma complexa rede de sinalizadores no sistema nervoso, incluindo hormônios e nutrientes. As variações do estado nutricional e os níveis hormonais terão um grande impacto no apetite

Fica evidente que algumas pessoas apresentam mais fome do que outras, o que também pode ser explicado pelos níveis desses hormônios/nutrientes. Dentre eles, a leptina é produzida pelo tecido adiposo e diante de variações no acúmulo de gordura seus níveis alteram, modificado a fome/saciedade.

Já o sistema digestivo libera hormônios como a Grelina, estimulando a fome durante o jejum e actividade física, por exemplo. Nutrientes, como aminoácidos e corpos cetônicos também podem controlar os centros da fome no sistema nervoso, explicando por que dietas ricas em proteína ou também a cetose podem ajudar o controle do apetite!

Uma dieta com um percentual importante de alimentos ricos em proteínas pelo menos duas a três vezes por dia, sem alimentos processados já é um excelente caminho.

Protocolos de jejum e exercício de alta intensidade também parecem ajudar a médio prazo no controle do apetite. O monitoramento desses hormônios e nutrientes é uma ferramenta-chave para ajudar a compreender o comportamento alimentar, e peça-chave para o emagrecimento e saúde.

Gustavo Monnerat é PhD em fisiologia - UFRJ/Bonn Universität. @gustavomonneratphd